Alerta Final

Visite a página no face book geziel.costa

quarta-feira, 29 de abril de 2009

CGADB PR RUI RAIOL REVELA SEGREDOS DE DEUS SOBRE A PROFECIA













VITÓRIA DO PASTOR SAMUEL CÂMARA É PREVISTA NO SITE DO PR. RUI RAIOL

imagem do site de Rui Raiol

"Com uma diferença de votos acima do esperado, o pastor Samuel Câmara, líder da Assembleia de Deus em Belém e presidente da Rede Boas Novas, venceu nesta quinta-feira, 23 de abril, a eleição para presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB). O pleito, que foi o mais concorrido da história da instituição, levou ao estado do Espírito Santo cerca de 20 mil líderes, que se reuniram entre 20 e 24 do mês em curso no Pavilhão de Exposições de Carapina, Serra. A chapa CGADB PRA TODOS, encabeçada pelo pastor Samuel Câmara, teve como concorrente a legenda CGADB É VOCÊ, da atual administração da convenção.

Após a confirmação do resultado, o pastor Samuel concedeu entrevista, em que reafirmou o compromisso de cumprir os 11 itens de sua chapa, entre eles, criação de escritórios estaduais da CGADB, aperfeiçoamento pastoral e impulso ao evangelismo"

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Nova mesa diretora DA CGADB

Veja os resultado final das eleições da 39ª AGO da CGADB:

PRESIDENTE: PR. JOSÉ WELLINGTON (6.719)
1º VICE: PR. SILAS MALAFAIA (5.843)
2º VICE: PR. UBIRATAN JOB (6.056)
3º VICE: PR. SEBASTIÃO DE SOUZA (6.212)
4º VICE: PR. GILBERTO MARQUES (6.263)
5º VICE: PR. JOSÉ NECO (6.315)

1º SECRETÁRIO: PR. ISAÍAS COIMBRA (6.442)
2º SECRETÁRIO: PR. ACELINO MELO (6.391)
3º SECRETÁRIO: PR. ANTÔNIO DIONIZIO (6.502)
4º SECRETÁRIO: PR. ISAMAR RAMALHO (6.373)
5º SECRETÁRIO: PR. ROBERTO JOSÉ (6.313)

1º TESOUREIRO: PR. SANTANA (6.026)
2º TESOUREIRO: PR. JOSIAS DE ALMEIDA (6.027)


Acompanhei os resultados pela rádio WEB o pr Gabi informou o resultado após o culto da noite de quinta feira, depois da boa mensagem do pr Gilvam Rodrigues, transmitida pela rádio web que também ouvi.

http://www.cpad.com.br/cpad/radioweb/radio_popup1.htm

O pr Altair informou no seu blog que "a diferença de votos entre o pastor José Wellington e o pastor Samuel Câmara foi de 756 votos.".

Abraços!

Geziel

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Teologia da prosperidade (por John Piper)

Duas grandes mensagens do verdadeiro evangelho.Mensagem bíblica, evangelística e profética.









terça-feira, 14 de abril de 2009

Catolicismo e Protestantismo


Apreciação crítica


Sobre o pontificado de Pio XI, a ação católica procurou ativar o laicado e toda a sociedade bíblica católica em 1933. Como isso ocorre, ou não é tema de discussão entre eles se em syllabus de erros, as sociedades ainda eram condenadas?


O catolicismo e o protestantismo sempre andaram por vias diferentes. No período da Primeira republica não foi diferente. A igreja católica contava com o status de igreja oficial do estado. Já debatemos em fórum, sobre o perigo desta mistura, igreja/estado. Apesar de a igreja ter compromissos com o estado, sua missão é diferente deste. Mas neste período a igreja procurou andar de mãos dadas com o estado, em busca de favorecimentos. Por exemplo, quando Vargas autoriza o ensino religioso facultativo. O slogan passou a ser: todo bom brasileiro é um bom católico e vise e versa.


Porque a igreja denunciava o protestantismo como elemento estranho e estrangeiro? Porque denunciava o desvio doutrinário desta? Por mostrar seu real interesse? Ou mostrar interesses contrários em relação à Bíblia?


O protestantismo de imigração foi bem vindo a meu ver, por que trouxe outra verdade diferente da igreja católica, que tinha por trás de sua evangelização, a extração de riquezas. Os protestantismos de imigração, as pessoas vinham habitar aqui, e trabalhavam pela sobrevivência enquanto evangelizavam com sinceridade. Até hoje os protestantes aplicam o protestantismo de missão, quando enviam missionários para outros países, e estes vão sem um povo. Mas com uma missão de escolher e ganhar um povo através de seu trabalho.


A meu ver, o pentecostalismo não herdou a cultura popular católica. Mas passou a condená-lo. Até hoje nos lembramos das palavras de Lutero reprovando a idolatria, contra a compra de terrenos no céu, vendas de indulgencias etc. A igreja o excomungou por isso. Os protestantes também são conhecidos por protestar contra a mariolatria, idolatria e etc. A forma dos pentecostais acreditarem num mundo espiritual, demônios, revelações etc., não é do pentecostalismo. Mas herdamos da igreja primitiva, que ensina e pregava assim. A era cristã, também foi marcada por este tipo de doutrina e crenças.


Apesar dos neopentecostais, pregaram o exorcismo e libertação de vício s e etc. não falam em salvação da alma. Libertação das correntes malignas, a doutrina da salvação está escassa lá. A forma como falam de prosperidade, é como se fosse uma barganha com Deus, toma-lá da cá. Enquanto que prosperidade na Bíblia não se limita a apenas aquisição de bens materiais. Mas pode também ser espiritual conforme a Bíblia. A maneira como vêem a guerra espiritual espiritualizando tudo é de uma visão utópica.


Se por um lado estão os pentecostais denunciando idolatria e corrupção a que chegou a igreja católica, por outro está os neopentecostai com a visão distorcida da graça e amo de Deus, e uma visão muito materialista quando falam de prosperidade e dízimos. E a maneira de lidar com o mundo espiritual fogem do contexto bíblico.


O catolicismo romano, especialmente durante o século XIX, se caracteriza pela romanização e europeização. O papa Pio XI através do encíclico Quadragésimo Anno condenou mais uma vez o capitalismo e socialismo. A ação católica que procurava ativar a liderança clerical, para que toda sociedade bíblica fosse dirigida pelo catolicismo.


A hegemonia econômica da Inglaterra foi transferida aos EUA durantes as guerras mundiais. Com a quebra da bolsa de valores de Nova Iorque, a crise atingiria o mundo, o Brasil, a sua economia de café etc. No período da república a igreja católica ficou em desvantagens para com o Estado. Com Getúlio Vargas no poder o catolicismo foi favorecido. Foi criada a Liga Eleitoral Católica e a JUC, JOC, JEC, JAC e ainda fundaram a Conferência dos Bispos do Brasil CNBB etc.
A tônica de Medellín, que se constitui a transição do social-cristianismo para a teologia da libertação. Tônica de Puebla trata-se da conferência de CELAM, em 27 janeiro a 13 de fevereiro de1979. O rosto do Brasil é mudado a partir do século XIX, com a abertura dos portos às nações, especialmente com a chegada dos protestantes e evangélicos. Para a definição dos evangélicos, temos a vertente alemã, termo associado aos luteranos enquanto a vertente inglesa esta conceituada às alianças evangélicas no reavivamento dos séculos XVIII e XIX.


O protestantismo no Brasil pregava uma maneira de ser americana. O progresso, o mundo melhor etc. O protestantismo de imigração por sua vez, foi imigrantes oriundo de outros países. Alemanha, Suíça, Holanda, Polônia, Escandinava, Áustria e outros. As principais igrejas oriundas do protestantismo de imigração são: Igreja Anglicana, Igreja Evangélica da Confissão Luterana do Brasil, Igreja Evangélica Luterana do Brasil. Protestantismo de missão começou sem povo. Os missionários eram responsáveis por ganhar almas. Alguns sobreviviam com o serviço de colportagem. Com o convite a Robert Kalley, surge a Igreja Congregacional do Brasil.
As principais igrejas de missão: Igreja Presbiteriana do Brasil, Igreja Presbiteriana Independente do Brasil, Igreja Presbiteriana Conservadora do Brasil, Igreja Presbiteriana Fundamentalistal, Igreja Presbiteriana Unida do Brasil, Igrejas reformadas de Imigração, Igreja Presbiteriana Renovada.


Com a guerra da sucessão, vários sulistas vieram ao Brasil, e fundaram as colônias. Através destas estabeleceram-se presbiterianos, metodistas e batistas. As principais igrejas metodistas são: Igreja Metodista do Brasil, Igreja Metodista Livre, Igreja Evangélica Holiness do Brasil, Igreja Metodista Ortodoxa, Igreja do Nazareno.


Os pentecostais chegaram ao Brasil por volta de 1910. Também outras facetas de religião têm aparecido no Brasil de desde os anos 60. As igrejas pentecostais Clássicos: Congregação Cristã do Brasil, Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Igreja Evangélica Pentecostal O Brasil para Cristo, Igreja do evangelho Quadrangular. Pentecostais Recentes; Batista independente, Metodista Wsleyana, presbiteriana Renovada, Assembléia de deus Presbiteriana.


Os Neopentecostais iniciados nos anos 70 pregam sobre: curas divinas, exorcismo, prosperidade etc. As igrejas principais são: Igreja Deus é Amor, Igreja Universal do Reino de Deus etc.

terça-feira, 7 de abril de 2009

Religiosidade, Piedade e Teologia na Época Colonial


Achei interessante sobre as organizações eclesiásticas na América espanhola. Enquanto no Brasil o povo tomava a iniciativa em construir santa casa da misericórdia e confrarias etc., na America espanhola o concílio tomava a iniciativa em construir universidades. Outro assunto, o episcopado centralizado à “mesa de consciência e ordem” centralizaram as autonomias aos papas, e tiraram a liberdade da igreja em, nestes e outros assuntos.


Relação ao clero, o mais privilegiado era o alto clero. Viviam longe do povo e em posições, lugares e privilegio invejáveis. O baixo clero é o que mais ralavam. Vivia nos engenhos, como povão. Também bastante discriminador era o culto no templo. As mulheres tratadas de maneira inferior, aos homens que tomavam posição mais elevadas. Os negros e escravos eram os que mais davam dó. Ficavam na porta pelo lado de fora. Até nas missas, os escravos eram discriminados. Tinham uma especial somente para eles, para não se misturarem com os senhores, por cheirar mal.


O batismo tanto do negro quanto do índio, era a marca de ferro ou a captura. A missa, no entanto muda, tirando dos coroinhas, o privilégio de dançar e cantar e usar instrumentos, principalmente os indígenas. Depois da constituição de1707, os fies se tornam apenas ouvintes, sem participação. É interessante que na confissão, o tema escravidão foi abolido, mas apenas nos temas. Continuou ainda a haver discriminação dos escravos e individuos por muito tempo. Até no casamento os indivíduos não tinham opção. As índias, as negras, todas estavam sujeitas aos senhores.


Na teologia, o Jesus, apresentado era branco de olhos azuis? Será foi assim que nasceram os quadros pintados com um Jesus branco? Até o Jesus era exclusivo!A mulher no Brasil colônia, era também objeto de discriminação. O cristianismo contribuiu muito para com a liberdade e o valor da mulher. O trabalhador foi muito sofrido nesse período. O pelourinho é uma lembrança de dias difíceis para o trabalhador. Talvez não seja por isso que hoje o trabalho é sinônimo de sofrimento? Em especial o trabalho braçal, que ainda tem diferença de tratameto com qualquer outro trabalho?