Alerta Final

Visite a página no face book geziel.costa

sexta-feira, 30 de abril de 2010

( O poder da Intercessão) Lições Bíblicas Jeremias



A oração intercessora é necessária, porque nela mostramos o bem que desejamos aos outros. Quem não ama não quer bem, e como pode alguém interceder pelos inimigos? “Amai, pois, a vossos inimigos, e fazei bem, e emprestai, sem nada esperardes, e será grande o vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo; porque ele é benigno até para com os ingratos e maus” (Lucas 6:35).


Veja uma lista de oração intercessória:
Mateus 5:44 Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;


Mateus 6:7 E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos


Mateus 6:9 ¶ Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome;


Mateus 24:20 E orai para que a vossa fuga não aconteça no inverno nem no sábado;


Mateus 26:17 E, comendo eles, disse: Em verdade vos digo que um de vós me há de trair.


Mateus 26:36 Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.


Mateus 26:41 Levantai-vos, partamos; eis que é chegado o que me trai.


Marcos 13:18 Orai, pois, para que a vossa fuga não suceda no inverno.


Marcos 13:33 Olhai, vigiai e orai; porque não sabeis quando chegará o tempo.


Marcos 14:38 Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.


Lucas 6:28 Bendizei os que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam.


Lucas 21:36 Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem.


Lucas 22:40E quando chegou àquele lugar, disse-lhes: Orai, para que não entreis em tentação.


Lucas 22:46 E disse-lhes: Por que estais dormindo? Levantai-vos, e orai, para que não entreis em tentação.


Atos dos Apóstolos 8:24 Respondendo, porém, Simão, disse: Orai vós por mim ao Senhor, para que nada do que dissestes venha sobre mim.


1 Tessalonicenses 5:17Orai sem cessar.


1 Tessalonicenses 5:25 Irmãos, orai por nós.


2 Tessalonicenses 3:1 ¶ No demais, irmãos, rogai por nós, para que a palavra do Senhor tenha livre curso e seja glorificada, como também o é entre vós;


Hebreus 13:18¶ Orai por nós, porque confiamos que temos boa consciência, como aqueles que em tudo querem portar-se honestamente.


Tiago 5:16 Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.


Leitura Bíblica Jeremias 14.1,2,37,8,10 15.1


Esta seção apresenta um extenso diálogo entre o profeta e o seu Deus. Uma grande seca invadiu Israel, o profeta intercede pelo fim dela. Jeremias descreve o mal que assolava o país, e ora em nome do povo (14.7-9). O Senhor respondeu negativamente, e por isso se estabelece um diálogo sobre o valor da intercessão de outros profetas. Por fim, uma nova intercessão em nome da comunidade e o Senhor respondem finalmente conforme sua vontade.


(14.2) Cobrem a cabeça. Este gesto, expressa grande dor e consternação e aflição.


(15.1) Moisés intercedeu várias vezes pelos pecados e rebeldia do povo de Israel, para obter perdão. Assim como Samuel, Jeremias fazia o papel e de intercessor, e em duas ocasiões, se pede que se faça valer as suas petições.


Jeremias segue o exemplo de Samuel, Moisés e outros profetas intercedendo a favor de Israel, e roga até pelos seus inimigos. Mas três vezes recebeu a ordem de não orar mais pelo povo, porque já era demasiadamente tarde para evitar o castigo.

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Silas Ontem X Silas Hoje (Malafaia)

O pastor Silas Malafaia mudou, e mudou muito. Tenho saudades daquele Silas de bigode, cabelos por cima dos olhos, com voz exasperada vociferando contra:

O movimento G12, que andou causando um deslocamento nas igrejas evangélicas.
A teologia da prosperidade, que desvirtuava o caminho da salvação.
O antropocentrismo, que tentava por o homem no lugar de Deus, e roubá-lo a adoração.
A guerra espiritual, que espiritualizava todas as coisas materiais.
A idolatria que sempre causou a ira de Deus.

Os televangelistas que não se preocupavam com as almas apenas com o dinheiro delas.


Há! Como tenho saudades daquele Silas! Que topava qualquer debate contra a evolução e ensinava as características apropriadas de um verdadeiro cristão, com mensagens bíblicas.

O Silas de Hoje é sem bigode, e os cabelos já não escorregam mais pela cabeça devido à calvície. Mas as mudanças que chocam, não são estas causadas pela lei da antropia. Mas sim a mudança de posição, não é mais contra a guerra espiritual e a falácia da prosperidade, e sim defensor com sua Bíblia de Guerra espiritual e Vitória financeira.

Não fala mais contra as ganâncias dos televangelistas, mais é sócio de Mike Murdock e Cerullo, defendendo as $emente$. As suas preocupações agora são com as arrecadações para seu programa e seu novo avião. E para todos os críticos, pastores, doutores e blogueiros, o homem tem uma bomba, o Silas realmente mudou!

(Tiago 3:12) Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce.

(Tiago 3:11) Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?

(Efésios 4:22) Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano;

(2 João 1:9 )Todo aquele que prevarica, e não persevera na doutrina de Cristo, não tem a Deus. Quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto ao Pai como ao Filho.



Mas estamos orando pelo Silas Malafaia.

terça-feira, 20 de abril de 2010

CHORANDO AOS PÉS DO SENHOR (lições bíblicas 2° trimestre Jeremias)

INTRODUÇÃO

Somos dotados pela capacidade de lamentar. Lamentamos escolhas erradas, oportunidades perdidas, decisões impróprias e etc. Lamentar não é pecado, Jesus lamentou: “Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste” (Mt 27.37). Davi lamentou a morte de Absalão (2Sm 18.33) temos diversos lamentos em todo a Bíblia.

O LAMENTO DE JEREMIAS

Jeremias lamenta o caminho que Israel estava trilhando. O lamento de Jeremias era duplo, primeiro por seu povo não dar ouvidos à sua repreensão, quanto aos pecados cometidos contra Deus. Segundo porque o profeta enxergava o juízo de Deus contra Israel. "Uma flecha mortífera é a Língua deles; fala engano, com a sua boca fala cada um de paz com o Seu Companheiro, Mas no seu interior ciladas arma-lhe. Porventura por estas coisas não os visitaria? Diz o Senhor; ou não se vingaria a minha alma de gente tal como esta?" (Jr 9.8-9).

O lamento de Jeremias representa o lamento de Deus. Assim como Jeremias chorava pelos pecados e as conseqüências sobre Israel, Jesus chorou por Jerusalém ter desprezado seu ministério. "E Jesus, Saindo, viu uma grande multidão, e teve compaixão deles, porque eram como ovelhas que não tem pastor” (Mc 16.34).


Na entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, enquanto a multidão cantava Hosana, Hosana, “E, quando ia chegando, vendo a cidade, ele chorou sobre ela” (Lc 19.41). Chorou porque a mesma multidão que cantava Hosana, logo, logo gritaria: Crucifica-o, crucifica-o. A cegueira espiritual ante a desobediência é mesmo lamentável. A falta de discernimento espiritual, a percepção dos modismos, a invasão das heresias nestes dias, é lastimável.

O LAMENTO DE SAMUEL, OSÉIAS E PAULO, É O NOSSO LAMENTO

Jeremias o profeta da solidão, desejava retirar-se para um lugar deserto. “Prouvera a Deus eu tivesse no deserto uma estalagem de caminhantes! Então, deixaria o meu povo e me apartaria dele, porque todos eles são adúlteros, são um bando de aleivosos” (Jr 9.2). Quantas vezes nos sentimos assim? Desejando abandonar os ensinos verdadeiros, as mensagens cristocêntricas, as advertências, porque o povo não quer ouvir este tipo de mensagens? As mensagens de auto-ajuda, antropocêntricas são as que mais vendem, e as mais proclamadas. Mas como Jeremias, somos profetas de Deus nesta terra, a bradar as boas novas.

O comentarista fala da música na igreja. Na verdade, até a música está comprometida. As letras falando do triunfalismo, bênçãos, batalha espiritual, enaltecendo mais o homem que a Deus, também é lamentável. São poucos os cantores preocupados com hinos que verdadeiramente adorem ao Senhor. A maioria anda preocupada com o mercado, e para isso, compõem músicas que venham agradar o público. E como tudo hoje gira em torno da auto-ajuda, tome músicas antropocêntricas.

Aprendemos mais hoje com hinos e mensagens dizendo que somos vencedores, nossa vitória tem sabor de mel, o mar vai se abrir e vamos passar, Deus vai abrir portas onde só tem muros, não nascemos para sermos derrotados e sim vencedores e outras asneiras. Ouvimos mais isso hoje que a doutrinas da Salvação, Santificação, Trindade, Regeneração, Adoção. Tem pessoas na igreja com milhares de anos de crença que pensam que adoção é um doce grande, ou um adoçante. Isso porque não ouvimos mais estes ensinos em nossos púlpitos. Na verdade, Jeremias nos convoca a o chorar, com esta situação.

Vamos chorar, e pedir a misericórdia de Deus pelo povo que defende:
A falácia da prosperidade.
Imaginária Guerra Espiritual.
As palavras positivas e as negativas
Maldições hereditárias entre os cristãos
A lei da $emeadura etc. etc. etc.


A LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

(9.3) Não me conhecem. A raiz de todos os pecados de Judá era por não conhecer o Senhor. O distanciamento de Deus gera a injustiça, a mentira e a calúnia (cf. VS. 4-9), devido a esses pecados veio o castigo (cf. Jr 5.7,29).

(9.4) Todo irmão não faz mais do que enganar. Viviam se enganando, afastando-se pela violência, a suplantação, para tomar o lugar do irmão era visível em Judá.

(9.5-6) Praticar a iniqüidade. Viviam no meio de falsidade. A duplicidade de caráter e a dubiedade de língua eram perceptivas.

(9.7) Acrisolarei e os provarei. Alusão ao forno ou crisol onde se purifica os metais. (ver Sl 12.6). Assim Jeová traria uma purificação a Judá, pelo sofrimento, arrependimento e quebrantamento. Deus castiga a quem ama.

Bibliografia
Bíblia de estudo Almeida
Ensinador Cristão
Conheça Melhor o AT
Dicionáro Ilustrado da Bíblia
BEP

Ev. Geziel Silva Costa

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Lições Bíblicas (2° Trimestre 2010, Jeremias) JEREMIAS PREGA NA PORTA DA CASA DE DEUS



JEREMIAS PREGA NA PORTA DA CASA DE DEUS

Jeremias recebeu incumbência de pregar na porta do templo. Pessoas iam ao templo no intuito de adorar, imaginando que a adoração a Deus estaria restrita ao local. A freqüência ao culto, e o local de adoração, não apaga os pecados de ninguém. Jeremias então falou: Assim diz o SENHOR dos Exércitos, o Deus de Israel: “Melhorai os vossos caminhos e as vossas obras, e vos farei habitar neste lugar” (Jr 7.3).

A mulher Samaritana estava confusa com o lugar de adoração e pergunta a Jesus: “Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar” (Jo 4.20). Jesus mostra o que enaltece os nome de Deus. “Os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade” Isto é: Fidelidade a Deus, inteireza de coração, justiça etc.
Ezequias orou a Deus: “Ah! Senhor lembra-te, peço-te, de que andei diante de ti em verdade, e com coração perfeito, e fiz o que era reto aos teus olhos. E chorou Ezequias muitíssimo” (Is 38.3).

Israel estava em decadência espiritual, o povo tronara-se idólatra e corrupto, imaginando que por terem o templo, e irem com freqüência aos cultos, estariam com os pecados perdoados e livres do juízo de Deus. A situação era tão drástica, que Deus desafiou Jeremias a procurar uma só alma fiel. "Dai voltas às ruas de Jerusalém, e vede agora, e informai-vos, e buscai pelas suas praças, a ver se achais alguém, ou se há um homem que pratique a justiça ou busque a verdade; e eu lhe perdoarei" (Jr 5.1).

Muitos cristãos hoje estão na mesma situação, achando que por pregarem, expulsarem demônios, chorarem nos cultos, seus pecados são perdoados. Está escrito que só alcança o perdão dos pecados quem confessa e deixa. "O Que encobre como Transgressões SUAS, "nunca prosperará; Mas o Que confessa e Deixa, Misericórdia alcançará" (Pv 28.13). E muitos ouvirão de Jesus: "Digo-vos que não sei donde vós sois; apartai-vos de mim, vós todos os que praticais a iniqüidade" (Lc 13.27).

A MENSAGEM DE JEREMIAS

(A leitura bíblica em classe são as palavras do Senhor a Jeremias Jr 7.1-11). É um discurso longo, o primeiro de vários outros discursos redigidos em prosa. Jeremias denuncia o a idolatria de Israel, como também outros abusos que eram cometidos no templo em Jerusalém durante o culto.

(7.2) À porta da casa do Senhor, o profeta enumeraria as condições morais que o Senhor exigia, para que o culto fosse recebido por Jeová como adoração verdadeira (Sl 15; 24. 3-6). Este discurso de Jeremias causou a revolta dos desobedientes, contraindo a antipatia para com o profeta.

(7.3) Para que a presença do Senhor estivesse permanente no culto, no templo e na vida de Israel, seria necessária uma mudança, de atitude, de caminhos...

(7.4) O povo clamava: Templo do Senhor, templo do Senhor, Templo do Senhor! Estas palavras repetidas como uma fórmula mágica, mostra a confiança que o povo havia depositado no templo, não no Senhor. Grandes e suntuosos templos, catedrais, beleza e riquezas não têm valor, se o coração estiver longe de Deus. Os que desobedecem a lei do Senhor, não adianta sacrificar. "Porém Disse Samuel: Tem porventura o Senhor Tanto Prazer em holocaustos e sacrifícios, Que em Como se obedeça à Palavra do Senhor? eis Que o obedecer é Melhor Do que o sacrificar; E O Melhor atender é Do que uma gordura de carneiros" (1Sm 15.22).

(7.9) O povo furtava e matava, cometiam adultério e juravam falsamente, contrariando toda a lei e os mandamentos que o Senhor havia advertidos antes por Moisés. (Ex 20.13-16; Dt 5.17-20; Os 4.2). E ainda queimavam incenso a deuses que não conheciam isto é: deuses com que nada tem a ver.

(7.11) Covil de salteadores. Com esta imagem poética, está condenada a falsa segurança que o povo depositava no templo de Jerusalém. Os ladrões na época cometiam seus delitos, e se refugiavam em cavernas, se sentiam seguros fugindo da justiça. Assim Israel depois de cometer seus crimes e truculências, se refugiava no templo se sentindo protegidos pelo santuário Cf. (Mt 31.13; Mc 11.17; Lc 19. 46).

A LIÇÃO DE SILÓ

O antigo templo de Siló estava situado nas terras de Efraim, veja (Js16.4). Ao norte de Jerusalém, estava situada uns 30 km. Ali o sacerdote Eli atendia o povo. A presença da Arca da aliança converteu Siló em um importante centro de peregrinação (1Sm 1.3). Os filisteus lutaram contra Israel, aproximadamente no ano 1050 a.C, e levaram a arca como troféu e colocaram no templo do seu deus (1Sm 4). Neste mesmo período a cidade e santuário de Siló foram saqueadas e devastadas (Js 18.1; Sl 78.60; Jr 26.6).

O local de adoração não interessa, mas sim nossa integridade para como Senhor. Os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem (Jo 4.23).

As coisas materias são passageiras, mas a nossa fidelidade a Deus deve ser permanente. Jesus, porém, lhes disse: "Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derrubada" (Mt 24.2).

"E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo" (1Tss 5.23).

Ev. Geziel Silva Costa


terça-feira, 13 de abril de 2010

O Governo Lula e a Nova Ditadura

video

quinta-feira, 8 de abril de 2010

PARABÉNS CUIABÁ - 291 ANOS














No dia 8 de abril de 1719, Cuiabá foi fundada por Antônio Pires de Campos. Mas a condição de cidade só veio em 1818. Sete anos mais tarde, tornou-se capital do estado de Mato Grosso.
Chamada de "cidade verde", Cuiabá é uma das principais atrações turísticas do estado por abrigar a região conhecida como Pantanal e a Chapada dos Guimarães.

ORIGENS

Fundada pelo bandeirante Antônio Pires de Campos, Cuiabá origina-se do nome "Ikuiapá", que significa "lugar de flecha-arpão". Acredita-se que o local era freqüentado pelos índios Bororo que pescavam com flecha-arpão na foz do rio Ikuiébo, afluente do Rio Cuiabá.

Batizada de Arraial de Bom Jesus de Cuiabá, a capital do Mato Grosso foi explorada por bandeirantes que desbravaram o cerrado em busca de ouro. A notícia da descoberta atraiu povoadores brasileiros e estrangeiros e contribuiu para a formação de um pequeno arraial hoje localizado na Avenida Tenente-coronel Duarte, conhecida como Prainha.

Com o esgotamento do ouro na segunda metade do século XVIII, a região deixa de prosperar e só não é abandonada por causa do Rio Cuiabá que dá acesso ao Pantanal. Foi o suficiente para a vila se tornar entreposto comercial e centro de abastecimento de várias regiões.
CORAÇÃO DA AMÉRICA

Localizado na praça Moreira Cabral (antigo campo do Ourique), onde também fica a Assembléia Legislativa do estado, o Centro Geodésico da América do Sul foi demarcado pela Comissão Rondon em 1909. O local já foi uma praça de enforcamento de condenados e também um campo de touradas.

AS BELEZAS DE CUIABÁ

Pantanal e Chapada dos Guimarães são os populares santuários ecológicos que Cuiabá oferece aos visitantes. Na baixada cuiabana - depressão geográfica da bacia do rio Paraguai - começa a se formar a reserva biológica do Pantanal, irrigado pelos rios Paraguai, Cuiabá, São Lourenço, Manso e Vermelho.
O vasto Pantanal é considerado a maior planície alagada do mundo, controlada pelo regime cíclico das águas que se repete há milhões de anos. A única superfície úmida do planeta, ocupando 133.465km2, também abriga a maior reserva ictiológica da América do Sul.

Com uma variedade de ecossistemas devido a existência de rios oriundos de diferentes regiões, carregando sedimentos e inundando solos em épocas diferentes, o Pantanal apresenta uma grande variedade de espécies animais, principalmente aves como jaburu, garça, tuiuiu, arara, colhereiro etc e mamíferos como a onça-pintada, anta, jaguatirica, gato-do-mato, cachorro-vinagre e o lobo-guará.

Para se chegar ao Pantanal por via terrestre, é preciso seguir pela BR 364 até Cuiabá. Por via aérea, o aeroporto mais próximo é o Marechal Rondon, localizado no município de Várzea Grande, vizinho a Cuiabá.
A Chapada dos Guimarães tem 70% de sua área em Cuiabá, estando distante da cidade a apenas 65 Km. Localizada exatamente no Centro Geodésico da América do Sul, ao sul do estado, a chapada tem altitudes que chegam a 900 metros, com uma brisa constante e temperaturas baixas no inverno (zero grau) e altas no verão (40 graus).

A vegetação é rica e diversificada, composta por cerrado com matas de galerias e grotas que abrigam florestas. Lá, florescem espécies de vários ecossistemas como plantas da mata Atlântica, da Amazônia e Pantanal.

No percurso entre Cuiabá e a chapada, os turistas dispõem de uma variedade de cachoeiras adornando a paisagem. A mais conhecida é a Véu de Noiva com 75 metros de queda livre.
Devido à riqueza da flora e fauna, o Governo Federal transformou 3.300 hectares em parque nacional.

Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística































quarta-feira, 7 de abril de 2010

Lições Bíblicas (2° Trimestre 2010, Jeremias)

OS PERIGOS DO DESVIO ESPIRITUAL


INTRODUÇÃO

Israel estava destinado a sofrer no cativeiro por desobedecer a Deus. O rei Manasses, rei de Jerusalém, fez o que era mal e abominável, aos olhos do Senhor. Edificou os altos, ergueu altares aos baalins, prostrou se com Israel diante dos deuses.

Fez seus filhos passarem pelo fogo, procurou os adivinhadores, feiticeiros, necromantes, pôs as imagens de escultura dentro do templo do Senhor (2 Cr 33. 1-9).
A partir deste período Israel viveu em apostasia, trazendo sobre si o juízo de Deus.


Jeremias aparece profetizando a vinda da Babilônia, para levá-los cativos. E a profecia de Jeremias, era para não resistirem, mas se entregarem a Nabucodonosor, em conseqüência de seus pecados.

O QUE É APOSTASIA

Ato de renunciar uma crença, ou religião. Por diversas vezes Israel apostatou, (Jr 5.6). O resultado disto seria o julgamento, como disse Jeremias: “A tua malícia te castigará, e as tuas apostasias te repreenderão: sabe, pois, e vê, que mau e quão amargo é deixares ao Senhor teu Deus, e não teres o meu temor contigo, diz o Senhor JEOVÁ dos Exércitos(Jr 2.19).

De modo geral define-se apostasia como a rejeição deliberada de Cristo de suas doutrinas, por parte de um cristão (Hb 10.26-29; Jo 15.22). Apostasia é diferente de ignorância, que é o erro pela falta de conhecimento ou falsas convicções. Apostasia é o abandono consciente e premeditado da fé, (Certos grupos cristãos dizem que é impossível o verdadeiro cristão apostatar).

UM BRADO CONTRA A APOSTASIA

Falar em nome do Senhor

Jeremias, por contrariar a nação, os falsos profetas e o rei, foi considerado como o profeta traidor, devido suas insistências na rendição de Israel à Babilônia. A rendição à Babilônia foi a única alternativa para evitar a total destruição de Israel. O cativeiro seria a conseqüência dos pecados de Israel através de Manasses.

Jeremias não profetizava para agradar Israel ou o rei. Mas porque amava, obedecia a Deus, e era consciente da verdade. Muitos profetas da atualidade massageiam o ego da igreja com mensagens de auto-ajuda. As mensagens da atualidade de vitórias, de prosperidades e de bênçãos, pregadas por certos pregadores são para sua própria promoção. Deus não nos chamou para pregar o que o povo quer ouvir, mas sim o que eles precisam ouvir.

Ser autêntico e não politicamente correto

Micaías foi um profeta que falou exatamente o que Deus mandou. Não estava preocupado com a sua popularidade, mas sim com sua fidelidade em transmitir o que o povo precisava. Devemos pregar a verdade da palavra mesmo que isso custe nossa vida ou a prisão. Micaías não se preocupou com sua vida, foi para a prisão, mas sempre falou a verdade (Rs 22.8-28; 2Cr 18. 8-24).

Jeremias profetizou em Jerusalém durante quarenta anos, proclamou o julgamento da nação por causa dos pecados através de Manassés. Foi considerado como traidor, e embora impopular e desprezado, foi fiel à mensagem de Jeová. Depois das profecias de suas predições serem cumpridas, tornou-se um herói, para o restante dos judeus exilados. O povo lembrava-se das verdades de Jeremias, e como suas palavras foram direcionadas por Deus.

EM QUE CONSISTIA A APOSTASIA DE ISRAEL

A leitura bíblica em classe, desta segunda lição (Jr 2.1-7, 12,13), começa com uma secção dos temas mais característicos da mensagem de Jeremias. O povo abandonou a Deus, única fonte de água viva; atraindo sobre si morte e destruição. O desastre já está a caminho, mais ainda não chegou, por isso veio a mensagem para o arrependimento.

(2.2) Jeremias, como Oséias, usa a figura do casamento, símbolo da união de Jeová com o seu povo. No deserto o povo não era idólatra, serviam somente a Deus, ele se lembra disso. Apenas mais tarde se rebelaram contra Deis, com murmurações.

(2.3) Israel é primícias do Senhor, as primícias eram os primeiros frutos da terra, oferecidos a Deus em gratidão. Israel como primícias, povo, escolhido, eleito por Deus, agora apostatavam.

(2.6-7) Conf. (Dt 32.10-12 Dt 8.2-16)

(2.8) A acusação do Senhor neste versículo é contra os responsáveis. Os sacerdotes, como encarregados da Lei em ensiná-la, os pastores chefes, (título que no Antigo Oriente se dava aos reis, que estabeleciam uma ordem judicial justa), finalmente contra os profetas, proclamavam infielmente a palavra de Deus. Uma das maiores prova de Jeremias foi enfrentá-los.

(2.9) O Senhor iria começar um processo judicial contra Israel e põem os céus como testemunha. Motivos vejam (Vs. 5-8, 10-11, 13).

(2.10) As terras do mar de Chipre, ou Ilhas do Ocidente, todas as populações da costa do mar mediterrâneo. Quedar era uma tribo nômade da Arábia.

(2.11) Glória do Senhor, isto é: uma manifestação luminosa que permite perceber de maneira sensível a presença divina na criação. (Sl 19.1, Is 6.3) no templo (Is 6.3-4, Ez 10.4) ou no meio do povo (Ex 40. 34-38, Ez 1. 27-28, Jo 1.14).

(2.13) cisternas rotas. Na palestina a água é escassa. Então o costume de construir cisterna. Eram cavadas na pedra porosa e impermeabilizadas com uma mistura de cal e areia. Contudo, sempre existia a possibilidade de se romperem, e vazar a água. Além disso, a qualidade da água, não se comparava com a que brotava direto da fonte, era mais saborosa a do manancial.

CONCLUSÃO

A situação da igreja não é diferente hoje. Muitos estão abandonando a Deus, fonte de água viva, por cisternas rotas. Muitos pregadores já não têm mais água para dar ao povo, mas sim água salobra, com mensagens antropocêntricas, que não satisfazem a alma e o espírito, somente o ego. O tema central da Bíblia é Jesus e a salvação, ele é a fonte que salta para a vida eterna (Jo 4.14).

Bibliografia
Bíblia de estudo almeida
Descobrindo a Bíblia (candeia)
Conheça melhor o AT ( Vida )
Dicionário Ilustrado da Bíblia (Vida Nova)

Ev. Geziel Silva Costa

terça-feira, 6 de abril de 2010

SEMINÁRIO NO PARÁ

1 º SIMPÓSIO
IGREJA Vitoriosa

ESTUDOS BÍBLICOS PARA TODOS



14 a 20 de junho de 2010



Segunda a domingo Horário /: 19h00min Às 21h00min



Palestrantes






Pb. Abney San Martim

Cuiabá MT







Pr. Jadhiel Silva Costa


Brasil Novo Pará




Ev. Geziel Silva Costa


Várzea Grande MT



Pr Enoque Anunciação Costa
Presidente do campo de
Brasil Novo Pará

Tema



DESPERTEM E FAÇAM A OBRA

































































































































































AGENDA

1° Seminário
C A E C
Curso de Aperfeiçoamento Aos Educadores Cristãos







Pb. Abney San Martim

Ev. Geziel Silva Costa




De 09 à11 de Abril 2010 Local



Sexta dia 09 19 h Vila Verde – Setor Residencial Coxipó – Cuiabá MT





Sábado dia 10 19 h Pr. Da Congregação GABRIEL





Domingo 08: Horas encerramento à noite 16h00min

segunda-feira, 5 de abril de 2010

A Roça de Deus



"Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus". (1Co. 3: 9)

O lavrador escolhe a terra para comprar
"Jesus nos escolheu. Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto" (Jo 15.16).

O lavrados derruba e corta as árvores
Fomos derrubados pela palavra e morremos para a floresta do mundo

As madeiras e coivaras pegam fogo
Precisamos virar lenha para queimar
(Pv. 26:20)
Sem lenha o fogo se apagará
"E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles "(
At 2.3).

Agora o lavrador vai plantar
Jesus quer plantar na roça
"Esta é pois a parábola: A semente é a palavra de Deus" (Lc. 8:11).

O lavrador espera pela colheita
Jesus espera por frutos na sua roça

"E disse ao vinhateiro: Eis que há três anos venho procurar fruto nesta figueira, e não {o} acho; corta-a; por que ocupa ainda a terra inutilmente? E, respondendo ele, disse-lhe: Senhor, deixa-a este ano, até que eu a escave e a esterque; E, se der fruto, {ficará}, e, se não, depois a mandarás cortar" (Lc. 13: 7,8,9).

O lavrador colhe e deleita-se nos frutos
(Isaías 53:11) "O trabalho da sua alma ele verá e ficará satisfeito".

Precisa chover na roça para a semente nascer e produzir frutos. Vai chover na vida dos santos:
"Conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor: como a alva será a sua saída: e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra" (Os 6.3).

O homem foi feito para adorar a Deus
(Sl 47.1). "Aplaudi com as mãos, todos os povos; cantai a Deus com voz de triunfo".

(Sl 66:4). "Toda a terra te adorará e te cantarás louvores, eles cantarão o teu nome".

(Sl 67:3) "Louven-te a ti, ó Deus, os povos; lounhen-te os povos todos".

(Sl 96.1) "Cantai ao senhor um cântico novo, cantai ao senhor todos os moradores das terra".

(Rm 11:36) "Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; Glória pois a ele eternamente. Amém".


(2Tss 5:18). "Em tudo dai graças".
(Ap.7:10) "Os mártires clamavam: Salvação ao nosso Deus, os anjos, e anciãos prostraram e adoraram a Deus dizendo: Amém, louvor, glória, sabedoria, ação de graças, honra, poder, e força ao nosso Deus para todo sempre, Amém".

(Sl 150:6) "Tudo quanto tem fôlego louvem ao Senhor, louvai ao Senhor. Criou os povos, controla a língua, deu limites geográficos, deu o idioma próprio para cada povo".


Ev. Geziel Silva Costa

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Jeremias, o Profeta da Esperança (Lições Bíblicas 2º trimestre 2010)


INTRODUÇÃO

Jeremias viveu dias parecidos com os de hoje. A profanação do sagrado, e como muitos hoje, ofereciam debalde o culto ao Senhor.
Jeremias como alguns servos de hoje, clamava por uma oblação pura ao Senhor. A falta de comunhão, o desinteresse pela verdadeira obra de Deus, vem de tempos remotos (Leia Ml 1. 7, 8, 10,11).

A ORIGEM SACERDOTAL DO PROFETA JEREMIAS

Não podemos confundir Hilquias, o pai de Jeremias, com o Hilquias que achou o Livro da Lei no templo de Jerusalém, em 622 a.C (2 Rs 22.8).

Anatote é uma das cidades levíticas (Js 21. 13-18) e afastada uns cinco kilômetros ao nordeste de Jerusalém. Os sacerdotes desta cidade eram parentes de Abiatar, um dos sacerdotes de Davi (1 Sm 22.20-23). Durante o exílio de Judá para a babilônia em 586 a.C Jeremias não agregou à caravana.

A VOCAÇÃO DE JEREMIAS

O relato da vocação de Jeremias se destaca pela sua singeleza e simplicidade. O Senhor mostra que deu a vida a Jeremias, com a finalidade de fazer dele um profeta (Jr 1.5), neste versículo a palavra te consagrei, significa santificar ou separar para uma missão específica, no caso dele, profética.

Quando ele diz que é pesado de língua, é diferente de Moisés. Neste caso, significa que ainda não tem idade adulta, para a vida pública, uma vez que em Israel os anciões e sua experiência eram muito válidas. Os mais jovens ficavam em silêncio na presença dos mais velhos, então Jeremias reivindica autoridade para tanto (Jr 1.6).

"Não temas diante deles; porque estou contigo para te livrar, diz o SENHOR" (Jr 1.8). O Senhor não aceita justificativa, pois ele é soberano. A Missão de Jeremias consistia em pregar juízo contra Israel e seus pecados, como também a mensagem salvífica. A expressão: "Assim diz o Senhor".
Também era conhecida como o oráculo, a forma literária das características dos escritos proféticos. Entendemos que Jeremias profetizou a Israel através de seus escritos, por meio de Baruque.

A POSTURA PROFÉTICA DE JEREMIAS

Jeremias tinha caráter cristão, sabia da sua chamada específica, e não iria se dobrar antes as facilidades do público. Quantos hoje querem os holofotes. Quantas pessoas não mudam de lado, de posição, de caráter, por ofertas materiais, para se tornarem aceitos, notórios e receberem lisonjas e ofertas materiais com facilidades. Quem agrada ao povo e foge da Bíblia, desagrada a Deus. Os omissos também têm culpa e pecam.

Antes rejeitávamos e desprezávamos os modismos neo-pentecostais, as heresias eram sobrepujadas, mas hoje os valores se inverteram. Quem debela tudo isso e fala a verdade da Bíblia, é tido como antagônico e está contra o ministério.
A maioria aderiu ao movimento. Assim como Jeremias estava com a minoria que desprezava a desordem, alguns poucos ainda lutam pela verdade. Que sejamos como Elias e os sete mil que não se dobraram a baal, mas se conservaram defensores da fé.


Ev. Geziel Silva Costa

Páscoa! Qual o verdadeiro significado ?



O nome páscoa deriva da palavra hebraica pessach ("passagem"), relembrando a passagem de Israel atravessando o mar vermelho, saindo do Egito para Canaã. “Assim pois o comereis: Os vossos lombos cingidos, os vossos sapatos nos pés, e o vosso cajado na mão: e o comereis apressadamente: esta {é} a páscoa do Senhor” (Ex 12.11). Era a libertação da escravidão, lembra também a passagem de Cristo da morte para a vida, a ressurreição.

O ovo de páscoa, hoje industrializado e feito de chocolate, antes ovos de galinha cozido com cenoura, beterraba para se tornar colorido. O ovo tem muitos mitos, cito um , o dos Persas, acreditavam que a terra havia caído de um ovo gigante, e por isso era sagrado.

O coelho, no Egito é símbolo de fertilidade, devido a sua reprodução ser com muita facilidade. Esta tradição veio com os imigrantes da Alemanha em meados de 1700. Alguns mitos existem sobre o coelho. Um deles é que as mães diziam a seus filhos que os ovos eram os coelhos que traziam. Uma mãe escondeu no ninho alguns ovos de páscoa, as crianças descobriram, neste exato momento passou um coelho, assim se popularizou a idéia do coelho.

A páscoa é comemorada em diversos países. Alguns costumes, por ocasião da páscoa, têm sido lembrados ao longo dos anos, e vários festejos têm atravessado gerações, para lembrar a morte de Jesus. Com Jesus lavando os pés dos discípulos em João 13, na quinta feira santa, alguns realizam a cerimônia do lava pés. “E estava próxima a páscoa dos judeus, e muitos daquela região subiram a Jerusalém antes da páscoa para se purificarem” (Jo 11.55). Os católicos romanos e seus assistentes levam uma grande cruz pelas ruas infestadas de flores, ramos e folhas. Assim entram na casa dos prosélitos e encontram uma mesa cheia de bolos.

Nos cumprimentos, desejam boas festas, uma santa páscoa, ótimas colheitas e cobram esmolas para a paróquia. Assim em vários lugares romarias e festejos homenageiam os padroeiros. Em vários lugares lembram a morte de Jesus com representações teatrais. Não sei qual o sentimento de tudo isso, mas uma coisa está patente, estão longe de comemorar a verdadeira páscoa.

O sentimento de culpa que a páscoa quer mostrar a todas as pessoas é o peso de nossos pecados que Cristo suportou na cruz. “Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus” (Rm 3.24). Esta cruz é símbolo de vitória e não derrota, pois Cristo recebe a ira e o desprezo de Deus pelos nossos pecados. Ele crava na cruz as nossas dívidas. “Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio {de nós}, cravando-a na cruz” (Cl 2.14).

1 Pedro 1:18,19 "Sabendo que não foi com {coisas} corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado".