Alerta Final

Visite a página no face book geziel.costa

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Oração pelas chaves (parte IV)

Volto ao assunto por alguns motivos. A leitura pobre e incompreensível de alguns nos textos que falo sobre a oração pelas chaves. Não conseguem entender a mensagem que transmito. Orar por objetos inanimados a troco do que? Objetos inanimados precisam da ajuda do Mestre? Quando me referi a primeira vez sobre orar por chave, era orar literalmente: “Senhor abençoa esta chave”! Se for uma representação, apresentando as chaves a Deus, em forma de gratidão orando pela vida de quem as recebeu, é outra coisa. Mas tem gente que ora literalmente por elas.

A minha opinião é minha, e não pode dar diretrizes à maioria. Quem quiser orar por chaves, correntes, cadeados e madeiras que o façam. A crença e a opinião de cada pessoa são delas. Agora meu pitaco, minhas idéias, está na liberdade de expressão. O que me intriga, é que pensar diferente, discordar de comportamentos, idéias e opiniões, leva muito a pensarem que somos inimigos de quem discordamos. Não sou contra ministério, obreiros, cultos ou pessoas, por acreditar de forma diferenciada.

A análise que faço, é que antes as pessoas testemunhavam a público quando recebiam algo da parte de Deus. E os motivos que a levavam a testemunhar, eram o aumento da fé, da perseverança e fidelidade a Deus. Hoje não se testemunham mais, e sim apresentam as chaves. E os motivos são outros, para que todos venham correr atrás das “BENÇÃOS”. De quem será a próxima benção? Quem veio receber benção? Quantos estão esperando uma benção? Já não vamos mais à igreja louvar e adorar, e acima de tudo agradecer a Deus, mais buscar bênçãos. Enquanto que a Bíblia Diz: “Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade, porque o Pai procura a tais que assim o adorem” (Jo 4.23).

Já expliquei que a frase de Deuteronômio usada hoje como jargão, que o crente é cabeça e não cauda. Foi primeiramente usada pelos mercadores da fé dos EUA. Quem é cabeça, não adoece, não vive triste, não passa prova, aperto, fracasso, é só benção pura, Aleluia! Para muitos, isto é ser cabeça. Quando falamos que estas promessas foram feitas a Israel dizem: “Nós somos o Novo Israel, e estas promessas são literalmente para a Igreja também”! Então porque não guardamos o sábado? Onde está a ordem sacerdotal? Onde está a cerimônia do sacrifício no templo? Não dá para entender a hermenêutica destas pessoas.

Estava comentando e dizendo, que talvez eu preferisse ter continuado ignorante, sem conhecimento bíblico. Assim iria engolir tudo que falassem no púlpito, acreditar em todas essas ladinhas que fazem hoje, e tudo estava bem. Assim não me intitulariam de incrédulo com as meninices no culto, fracassado por não crer nas bênçãos, e contra a obra por falar o que penso disto tudo, e ser sabichão, por interpretar a Bíblia diferente da maioria. Talvez assim não sofresse tanto com as aberrações doutrinárias e as heresias que existem em nosso meio. É impressionante saber o quanto fomos contrários as aberrações e heresias dos neopentecostais, e agora estamos iguais se não pior que eles.

Mas acredito que esta vontade de aprender mais da Bíblia que Deus colocou em meu coração, foi para fazer a diferença. Por mais que ela seja literalmente pouca, tem ajudado a muitos. Pela graça e bondade de Deus, temos influenciado pessoas para o lado correto das coisas, e para verdadeira compreensão da Bíblia. Dizimamos, ofertamos, cultuamos e servimos a Deus, não pelo retorno, mas por amor a Deus, e pela sua obra. Paulo diz que o amor, “não busca os seus interesses” (1Co 13.5).

Ev.Geziel Silva Costa

2 comentários:

Eduardo Boçon Ortiz disse...

Shalon,Shalon que quer dizer Paz Absoluta !
Mano fiquei feliz com seu pronunciamento, percebo que não sou só eu que acredita em existir "erros" dentro da própria Igreja,ou aquilo em que intitulamos Igreja(hoje),sabe as vezes prefiro adorar a Deus longe do templo(ou monte),para não fazer o que muitos chamariam "murmurações".
O que acho interessante é que para falar a verdade hoje em dia, dentro da igreja precisamos dizer que é "nossa opinião",pois muitos não acreditam que ela traduz a verdade e revelação bíblica !
Façamos como o pequeno apóstolo,
Combati o bom combate....mantive a fé !
att.Eduardo B. Ortiz

Geziel Silva Costa disse...

A paz irmão Eduardo!

Hoje corremos o risco de uma inquisição evangélica (risos). Por isso dizemos ser nossa opinião, nosso pensamento etc etc. Se tomarmos uma posição firme, e rebater todas as distorções, seremos exonerados.

Prefiro então ir de degrau em degrau. Falo hoje, repito amanhã. Escrevo algo hoje, amanhã, e assim vamos influenciando e abrindo mentes, para o bem da verdade.

Abrços
GSC