Alerta Final

Visite a página no face book geziel.costa

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Confissão Positiva e Nova Era


Confissão Positiva


Os mestres da palavra positiva, dizem que Jó perdeu tudo e adoeceu porque disse:"Porque o que eu temia me veio; e o que receava me aconteceu" (Jó 3.25).


E se Jó tivesse falado palavras positivas tais como estas: Não estou doente! Estou com saúde! Estou rico! Eu determino em minha vida a saúde e a prosperidade! Ou ainda: eu não aceito este sofrimento! Não aceito a doença nem a pobreza! Decreto agora minha benção!

Será que ele tinha resolvido o seu problema? Talvez ele desconhecesse o poder das palavras. Ou ele não tinha fé? Benny Hinn escreve que foi falta de fé, e também por ele pensar negativamente quando falou: “porque o que eu temia me veio, e o que receava me aconteceu”? (Jó 3.25). "Estão vendo”? Escreve Hinn, “ele vivia pensando em perder a saúde e seu dinheiro”.


Esta é uma interpretação fora do contexto. O que Jó temia perder era a comunhão com Deus. Observe no texto que ele sempre oferecia sacrifícios pelos filhos dizendo: “porventura pecaram meus filhos, e blasfemaram de Deus no seu coração” (Jó 1.5). Jó tinha zelo por sua comunhão com Deus. Ele pensava que a tinha perdido. Em todo o livro ele procura uma explicação para suas indagações. Ele não questiona a perda de seus bens e de sua saúde, mas a falta da presença de Deus. Se a confissão e pensamentos produzem coisas negativas, então essa foi a causa de Jesus e seus discípulos viverem na pobreza por falarem negativamente: "As raposas têm seus covis e as aves do céu ninhos, mas o filho do homem não tem onde reclinar a cabeça” (Mt 8.20).


Falta de fé em Jesus? Porque não determinou pelo poder da palavra uma mansão? Jesus disse que morreria. Pedro até falou positivamente que ele não morreria. Jesus no entanto insistiu dizendo que morreria. Estas palavras negativas trouxeram a morte dele?

Ocultismo


No mundo ocultista, o poder mental metafísico é reforçado quando é verbalizado em voz alta decretando algo. Eles chamam de “poder criativo de palavras faladas que traz à existência o que foi dito ou decretadas. Estas idéias ocultistas formam a base dos mantras, encantamentos e feitiços. E os mestres da fé querem trazer para a Bíblia essas idéias ocultistas e antibíblicas.

Nos ensinos de Jesus seus discípulos deveriam suportar as aflições e as perseguições. Apesar de serem odiados de todas as gentes, deveriam tomar a sua cruz e seguir. Não ensinou a eles adquirirem saúde e prosperidade através de palavras e pensamentos positivos, mas disse: “buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça e as demais coisas vos serão acrescentadas” (Mt 6.33).


As demais coisas estão nos versículos antecessores: a comida, a bebida, as vestimentas dependem de um coração com sede de Deus. Os falsos mestres dão ênfase na fé, dizendo que assim como temos fé e vontade de receber riquezas, na mesma intensidade devemos contribuir com nosso dinheiro doando os nossos bens. Eles sim estão ricos, milionários, mas olhe para os seus contribuintes fiéis, continuam na pendenga. Foram persuadidos a plantarem uma tal de semente da fé”, e até hoje não nasceu nada.


Falam com todas as letras que a Bíblia é um livro de sucesso financeiro, é só ler. Afirmam com veemência, que a igreja vai possuir o dinheiro do mundo todo. E que a vontade de Deus é que todos sejam milionários. Como fica o que Jesus falou? “Os pobres sempre tendes convosco” (Jô 12.8) leia também (Hb 11.37, Mt6.19-21 1Co13). Se os crentes podem realizar prodígios e maravilhas iguais Deus, se somos dotados do mesmo poder criador que Deus possui, se podemos fazer qualquer negocio com Deus e obter tudo o que falamos, então deveríamos através do poder das palavras curar, salvar e prosperar todo o planeta e implantar o milênio agora mesmo. Se nunca é da vontade de Deus que soframos ou adoeçamos, vamos decretar a imortalidade do corpo agora mesmo e o arrebatamento será desnecessário.


O homem é divino?


Para os mestres da fé, o homem é um pequeno deus, obedecendo às mesmas leis que Deus tem que obedecer, esses ensinos cada vez mais está sendo popular entre os evangélicos. Consciente ou inconscientemente está sendo aceito. Às vezes com mensagens subliminares. Um dos grandes mestres da fé que mais vendem seus venenos escreve: “fomos criados para sermos deuses sobre a terra, mas não se esqueça de escrever com “d” minúsculo". A bíblia afirma que há um só Deus verdadeiro, e ele disse: “Eu sou Deus e não há outro” (Is 45.22). “Os deuses que não fizeram os céus e a terra desaparecerão da terra e de debaixo destes céus” (Jr 10.11).


Assim como Deus criou as coisas através de sua palavra, os mestres da fé achando que são deuses, querem criar o seu mundo falando palavras positivas. As coisas não vieram a existir porque Deus falou, mas porque foi Deus quem falou. Podemos decretar, determinar e chamar s coisas à existência o quanto quisermos, não vai acontecer nada. Não somos deuse,s as nossas palavras não tem o poder de criar como as de Deus. Eles gostam de citar provérbios de Salomão. "A morte e a vida estão no poder da língua” (Pv18.21).


Salomão estava passando o reinado ao seu filho. E como rei, sabia que tinha o poder assim com tem o juíz para decidir o destino do réu. O fofoqueiro também tem o poder de infernizar uma vida, de destruir um casamento, um emprego etc. é neste sentido que nossas palavras tem poder, de causar tristeza, desanimo ou alegria. Podemos motivar alguém ao estudo, ao trabalho ou a uma conquista. Mas o poder de trazer as coisas à existência, isto é bobagem.


As pessoas estão perdendo o temor de Deus. Os ateístas rebaixavam Deus a um mero homem. Os mestres da fé dizem que temem, amam e adoram a Deus, mas estão se esforçando para divinizar o homem, elevá-lo ao mesmo patamar de Deus. Intitulam-se porta-voz - de Deus quando dizem: Deus acabou de me falar! De me revela um mistério! Até dão ordens a Deus em pleno culto: faça isso! Faça aquilo! Se Deus não fizer rasgo minha Bíblia.


Nem a palavra positiva do diabo tornou Eva divina. Sereis iguais a Deus. Eva acreditou, falou positivamente a Adão, ele comeu com ela e caíram no engano. Apesar desta afirmação ser positiva, também era falso. Ou foram as palavras negativas de Deus quando disse certamente morrereis que os mataram? No jardim a questão era a obediência, e hoje também é assim. Leia na integra a monografia das Assembléia e Deus contra a confissão positiva.


O rei Josafá admitiu que não tinha poder para enfrentar a aliança de seus inimigos, mas Deus lhe deu uma vitória maravilhosa (2Cr20). Paulo admitiu sua fraqueza e afirmou que quando era fraco, então era forte, pois o poder de Deus se aperfeiçoa na fraqueza (2Co 12.9-10). Foi depois dos discípulos reconhecerem que não tinham apanhado peixe algum, que Jesus os dirigiu à pesca maravilhosa (Jo 21.3-9). Não foi dito a essas pessoas que substituíssem suas confissões negativas por confissões positivas que fossem contrárias aos fatos...no entanto, Deus interveio maravilhosamente mesmo que eles tivessem feito o que alguns chamariam de confissões negativas.


Ensinar o que os líderes nos primeiros dias da igreja como Paulo, Estevão e Trófimo não viveram num constante estado de afluência e saúde, porque não possuíam luz sobre esse ensino é ir além e contra a palavra de Deus. A doutrina só será sã quando formulada dentro do referencial do ensino total das escrituras.


Na Nova Era


Segundo a nova era , o homem é divino ou foi feito para se tornar divino. “O movimento potencial do ser humano”, é um dos temas mais acalorados no mundo do seminário corporativo. Assim como Deus criou o mundo com o poder de suas palavras, o homem pode trazer as coisas à existência através das suas. É uma velha tentativa de satanás. Ele queria ser semelhante ao altíssimo, mas virou diabo. Depois inculcou no primeiro casal no Éden e eles também perderam o paraíso. Hoje prevalece a velha mentira da serpente noticiando através da nova era que o homem é Deus. E são várias as formas para alcançar isto, uma é o poder das palavras, no ato de determinar, decretar, declarar o que você precisar. Dizem ainda que nao existe um Deus criador, pois tudo o que existe sempre existiu.

Deus é o que você queira que ele seja. Está presente em tudo. Tudo é deus (panteísmo) nós somos deuses temos potencial ilimitado e podemos criar nossa própria realidade. Lauro Trevisan, padre licenciado, escreveu no seu livro os poderes de Jesus Cristo, p234. "Jesus ensinou a usarmos o que a ciência da mente reconhece que é uma lei infalível e universal: o que você pode ,o que você pensa e deseja ,o que você mentaliza acontece, porque o subconsciente é acionado para executar".


No âmago do subconsciente está o pai, o "EU SUPERIOR”. Os mestres da fé ensinam que as palvars e pensamentos positivos acionam a Deus a fazer aquilo que estamos determinados que ele faça. Enquanto que as palavras e os pensamento negativos acionam o diabo a trabalhar em nosso favor. Isto é o que a nova era, o ocultismo, hinduismo, budismo e todos os ismos estão ensinado: que o homem está no controle do universo. Se eu ativo Deus ou o diabo eles estão no meu controle sou mais poderoso que eles. É o chamado endeusamento do homem.

Prosperidade


Ignoramos a verdadeira prosperidade. Para começo de conversa, Davi diz: "do Senhor é a terra e a sua plenitude, o mundo e os que nele habitam" (Sl 24.1). O Senhor é o dono o proprietário, o homem é seu mordomo particular. Lembre-se de Adão no jardim. Estava lá para lavrar a terra e cuidar dela, tinha que trabalhar. A idéia de usurpar o trono de Deus e ser igual a ele, parece com satanás. Ele estava no Éden jardim de Deus para cuidar. Mas queria ser igual a Deus queria ser o proprietário. A Bíblia não incentiva a busca de riquezas mas adverte: “porque nada trouxemos para este mundo e manifesto é que nada podemos levar dele. Tendo, porém, sustento e com que nos cobrirmos esteja com isso contentes” (1Tm 6.7-8)

Na oração do pai nosso, Jesus ensinou os seus discípulos a pedir o necessário para viver hoje: “o pão nosso de CADA dia dá-nos hoje” (Mt6.11). A Bíblia não se contradiz mas está em conformidade tanto no Antigo como no Novo Testamento observe as palavras de Agur: "não me dês nem a pobreza e nem a riqueza; mantém-me do pão da minha porção acostumada; para que porventura de farto te não negue e diga: quem é o Senhor? Ou que empobrecendo,venha a furtar e lance mão do nome de Deus” (Pv30.8-9).


Paulo alerta a Timóteo a fugir dessas coisas e seguir a justiça, a piedade, a fé, a caridade, a paciência, a mansidão. "Os que querem ser ricos caem em muitas tentações em laços e concupiscência. Nessa cobiça lguns se desviaram da fé".(1Tm 6.9-11). A riqueza não é pecado, quem é rico não vai para o inferno se for um cristão autêntico. O que é pecado é viver em busca dela, com o principal objetivo voltado para ela. A Bíblia ensina buscar o reino de Deus! Buscar ao Senhor enquanto se pode achar! Buscar a Deus na madrugada! Porque quem põe Deus em primeiro lugar põem o dono da riqueza.


Geziel Silva Costa

5 comentários:

martins111 disse...

Primeiramente ao adentrar nesta página reconheço seu valor e a importância de seu autor para a nobre causa do Senhor Jesus Cristo.
Dito isso, quero convidar você que está lendo estas minhas palavras, a prestar um pouco mais de atenção as revelações do Espírito Santo Verdadeiro em nossos dias.
Por se tratar de um assunto de interesse universal, pediria sua amável atenção, em uma breve, mais com certeza, produtiva visita ao nosso blog, onde estão depositadas Revelações do Senhor Jesus Cristo, para as quais peço encarecidamente que nos ajude a divulgar. Pois estamos vivenciando um memento muito sensível da palavra profética. Desde já suplico as bênçãos do Pai, do Filho e do Espírito Santo Verdadeiro sobre todo aquele que atender esse nosso chamado em nome do Senhor Jesus Cristo. Clique em martins111 - João Joaquim Martins. OU http://joaorevela.blogspot.com/

Andre Luis Celis disse...

Realmente muito boa a sua postagem , acreditar que a simples declaração pode criar as coisas , não tem base Biblica , mas e a fé , o que é a fé e como ela funciona , a Fé é o firme fundamento das coisas que se esperam , e prova das que não se vêem , e se Eu espero ser curado mesmo que no momento eu não veja isso acontecendo comigo , posso ver pelos olhos da fé , como Noé que quando foi avisado do Diluvio temeu mesmo sem ver , e construio a arca , mesmo sem ver aquilo que nós esperamos , podemos agir como se aquilo ja exitisse pois a nossa fé é prova disso , se Jesus disse , Pedi pedi da se vos a , bate que a porta se abre então quando pedimos podemos ter plena certeza que vai se realizar pois , isso foi algo prometido por jesus e esta de conforme com a sua palavra , os antigos tiverAM esse fé de mesmo sem ver acreditar que a promessa de Deus éra real e se cumpririam , não digo em se iguinorar a vontade de Deus mas de agir em conformidade com a sua palavra , e as suas promessa , seguindo o exemplo dos antigos que mesmo sem ver confiaram e receberam grandes milagres , pois tiveram fé , se na Palavra de Deus existem promessas Eu não vejo nada de errado em crer que elas vão se cumprir na nossa vida , e imitarmos a fé dos antigos que apenas crendo nas promessas foram adiante e conquistaram a sua vitória mesmo sem poder ver com os olhos fisicos mas pelos olhos da fé viram sua vitória logo mais adiante e se alegraram por isso , e alcançaram sua vitória , Amem

Geziel Silva Costa disse...

Olá irmão Joaquim Martins, obrigado pela visita e pelas palavras de incentivo, estarei visitando seu espaço.

Abraços
GSC

Geziel Silva Costa disse...

André Luis Celis, agradeço pelo apreço e a vista.

Em relação ao seu questionamento, faço outra pergunta:

Paulo não tinha fé o suficiente para ser curado?

Jó não teve fé o suficiente para não entrar na crise?

Abraços
GSC

nilson-go disse...

Que pena, que ao passar dos anos por mais que haja ensinamentos esclarecendo essa doutrina perniciosa,vemos em nosso meio pessoas e obreiros simpatizantes dessa doutrina, que por não observar, o veneno na panela é um agente disserminador.E pastores que aceitam, em vez de coibir, deixa entrar sorrateiramente no meio da Igreja. Por ser a musica da atualidade, e por ter medo de perder os membros para Igrejas de fundo de quintal.