Alerta Final

Visite a página no face book geziel.costa

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

O filme Avatar


Joe Schimmel
O filme Avatar, de James Cameron, é um fascinante e arrebatador sucesso nos cinemas. Seus efeitos especiais são tão tremendos que transportam a audiência vividamente para um outro mundo, no qual adorar uma árvore e ter comunhão com espíritos não são apenas aceitáveis, mas atraentes. Avatar é também marcadamente panteísta e essencialmente o evangelho segundo James Cameron. Esse tema panteísta, que iguala Deus às forças e leis do Universo, é apresentado claramente pelos heróis e heroínas do filme: todos adoram Eywa, a deusa “Mãe de Tudo”, que é descrita como “uma rede de energia” que “flui através de todas as coisas viventes”.

Sobretudo, o filme é repleto de mágica ritualística, comunhão com espíritos, xamanismo, e descarada idolatria, de forma que condiciona os espectadores a acreditarem nessas mentiras do ocultismo pagão. Além disso, a platéia é levada a simpatizar com o Avatar e termina torcendo por ele quando é iniciado nos rituais pagãos. No final, até mesmo a cientista-chefe torna-se pagã, proclamando que está “com Eywa, ela é real” e que ficará com Eywa após sua morte.

Enquanto a representação fictícia de James Cameron a respeito da religião da natureza presta-se muito bem à mentira da Nova Era de que as religiões dos nativos americanos [indígenas] eram favoráveis à vida e inofensivas, a representação dos sacerdotes maias em Apocalypto (de Mel Gibson), devedores de divindades sedentas por sangue, que exigiam o sangue de suas vítimas sacrificiais, estava muito mais perto da verdade. A maneira adocicada e romântica com que James Cameron mostra os selvagens e os antigos cultos à natureza em Avatar é oposta aos fatos encontrados em antigos códices e achados arqueológicos: estes revelam que os astecas, os maias e os incas estavam todos envolvidos em sacrifícios humanos em massa, inclusive tomando a vida de criancinhas inocentes para apaziguar seus deuses demoníacos.
Para ler o restante do conteúdo clique aqui:

3 comentários:

Com Cristo somos mais que vencedores!!! disse...

Eu nunca tive o interesse de ver este filme pois achei muito estranho um filme ter tanto sucesso assim do nada, vi alguns personagens e um pouco da historia e achei um pouco esquisito, achei que poderia ter algo em oculto, dito e feito!Vi seu post e esclareci todas as duvidas, gostei dos temas no blog e são muito bons continue assim amado e que Deus possa lhe abençoar grandemente! Visite meu blog: http://vivemoscomjesus.blogspot.com fique na paz!

geziel disse...

Olá meu irmão!

Realmente, quando estamos na sintonia do Espírito, não ficamos enganados.
Obrigado pela visita, estarei vistando seu blog

Abçrs
Geziel

Abner disse...

Conheça nosso site, mensagens, videos, radios, forum, temas, livros gratis, PPs, Downloads, Papeis de Parede, blog, e temas importante da atualizade, Diversos Estudos, ..

http://www.assembleiabelem.br22.com