Alerta Final

Visite a página no face book geziel.costa

terça-feira, 20 de abril de 2010

CHORANDO AOS PÉS DO SENHOR (lições bíblicas 2° trimestre Jeremias)

INTRODUÇÃO

Somos dotados pela capacidade de lamentar. Lamentamos escolhas erradas, oportunidades perdidas, decisões impróprias e etc. Lamentar não é pecado, Jesus lamentou: “Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste” (Mt 27.37). Davi lamentou a morte de Absalão (2Sm 18.33) temos diversos lamentos em todo a Bíblia.

O LAMENTO DE JEREMIAS

Jeremias lamenta o caminho que Israel estava trilhando. O lamento de Jeremias era duplo, primeiro por seu povo não dar ouvidos à sua repreensão, quanto aos pecados cometidos contra Deus. Segundo porque o profeta enxergava o juízo de Deus contra Israel. "Uma flecha mortífera é a Língua deles; fala engano, com a sua boca fala cada um de paz com o Seu Companheiro, Mas no seu interior ciladas arma-lhe. Porventura por estas coisas não os visitaria? Diz o Senhor; ou não se vingaria a minha alma de gente tal como esta?" (Jr 9.8-9).

O lamento de Jeremias representa o lamento de Deus. Assim como Jeremias chorava pelos pecados e as conseqüências sobre Israel, Jesus chorou por Jerusalém ter desprezado seu ministério. "E Jesus, Saindo, viu uma grande multidão, e teve compaixão deles, porque eram como ovelhas que não tem pastor” (Mc 16.34).


Na entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, enquanto a multidão cantava Hosana, Hosana, “E, quando ia chegando, vendo a cidade, ele chorou sobre ela” (Lc 19.41). Chorou porque a mesma multidão que cantava Hosana, logo, logo gritaria: Crucifica-o, crucifica-o. A cegueira espiritual ante a desobediência é mesmo lamentável. A falta de discernimento espiritual, a percepção dos modismos, a invasão das heresias nestes dias, é lastimável.

O LAMENTO DE SAMUEL, OSÉIAS E PAULO, É O NOSSO LAMENTO

Jeremias o profeta da solidão, desejava retirar-se para um lugar deserto. “Prouvera a Deus eu tivesse no deserto uma estalagem de caminhantes! Então, deixaria o meu povo e me apartaria dele, porque todos eles são adúlteros, são um bando de aleivosos” (Jr 9.2). Quantas vezes nos sentimos assim? Desejando abandonar os ensinos verdadeiros, as mensagens cristocêntricas, as advertências, porque o povo não quer ouvir este tipo de mensagens? As mensagens de auto-ajuda, antropocêntricas são as que mais vendem, e as mais proclamadas. Mas como Jeremias, somos profetas de Deus nesta terra, a bradar as boas novas.

O comentarista fala da música na igreja. Na verdade, até a música está comprometida. As letras falando do triunfalismo, bênçãos, batalha espiritual, enaltecendo mais o homem que a Deus, também é lamentável. São poucos os cantores preocupados com hinos que verdadeiramente adorem ao Senhor. A maioria anda preocupada com o mercado, e para isso, compõem músicas que venham agradar o público. E como tudo hoje gira em torno da auto-ajuda, tome músicas antropocêntricas.

Aprendemos mais hoje com hinos e mensagens dizendo que somos vencedores, nossa vitória tem sabor de mel, o mar vai se abrir e vamos passar, Deus vai abrir portas onde só tem muros, não nascemos para sermos derrotados e sim vencedores e outras asneiras. Ouvimos mais isso hoje que a doutrinas da Salvação, Santificação, Trindade, Regeneração, Adoção. Tem pessoas na igreja com milhares de anos de crença que pensam que adoção é um doce grande, ou um adoçante. Isso porque não ouvimos mais estes ensinos em nossos púlpitos. Na verdade, Jeremias nos convoca a o chorar, com esta situação.

Vamos chorar, e pedir a misericórdia de Deus pelo povo que defende:
A falácia da prosperidade.
Imaginária Guerra Espiritual.
As palavras positivas e as negativas
Maldições hereditárias entre os cristãos
A lei da $emeadura etc. etc. etc.


A LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

(9.3) Não me conhecem. A raiz de todos os pecados de Judá era por não conhecer o Senhor. O distanciamento de Deus gera a injustiça, a mentira e a calúnia (cf. VS. 4-9), devido a esses pecados veio o castigo (cf. Jr 5.7,29).

(9.4) Todo irmão não faz mais do que enganar. Viviam se enganando, afastando-se pela violência, a suplantação, para tomar o lugar do irmão era visível em Judá.

(9.5-6) Praticar a iniqüidade. Viviam no meio de falsidade. A duplicidade de caráter e a dubiedade de língua eram perceptivas.

(9.7) Acrisolarei e os provarei. Alusão ao forno ou crisol onde se purifica os metais. (ver Sl 12.6). Assim Jeová traria uma purificação a Judá, pelo sofrimento, arrependimento e quebrantamento. Deus castiga a quem ama.

Bibliografia
Bíblia de estudo Almeida
Ensinador Cristão
Conheça Melhor o AT
Dicionáro Ilustrado da Bíblia
BEP

Ev. Geziel Silva Costa

6 comentários:

Felipe M.Nascimento disse...

Paz em Cristo jesus eu gostei muito do teu Blog é mo benção... ((Veja))www.blog-vidaprofetica.blogspot.com deixe um comentaria blz até logo valeuuuuu...

Geziel Silva Costa disse...

Olá Felipe!

Obrigado pela visita. Estarei visitando seu blog.

Abraços

GSC

Paulo Ricardo disse...

Texto simples, enxuto, categórico, imparcial. Gostei muito Geziel, Deus continue te dando graça sobre graça!!

Geziel Silva Costa disse...

A paz Paulo Ricardo!

Obrigado pela visita, e pelas palavras de incentivo. Que Deus nos abençõe mais e mais.

Na paz

GSC

Márcia Furlaneto disse...

Maravilhoso comentário,que Deus continue usando a tua vida,para edificar a nossa!

Geziel Silva Costa disse...

A paz Márcia Furlaneto!

Que Deus continue abençoando a todos nós, para continuarmos sendo uma benção na vidas das pessoas.

Abçs
GSC