Alerta Final

Visite a página no face book geziel.costa

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

A TV Brasileira


Estudos relacionados a programação da TV brasileira, mostram que o aumento no número de divórcios, gravidez na adolescência, consumo de drogas e violência estão diretamente ligados também a influência da programação televisiva contra os valores da família. Durante a programação, a mídia vai pulverizando, de maneira sutil, modelos, conceitos e valores, quase sempre diferentes dos valores cristãos, éticos e morais que adotamos para nossa vida e irão influenciar diretamente na dinâmica familiar.

A comunicação entre os membros da família fica prejudicada quando a televisão ocupa o espaço que a família teria para conversar, principalmente a noite, quando toda a família está em casa.

Na busca pela audiência, muitas novelas apelam insistentemente para cenas de violência irrestrita, mostrando o ato sexual, cenas de violência e consumo de drogas em horário nobre. Isto tem levado a muita gravidez precoce na adolescência, pois as meninas aprendem desde cedo sobre o sexo, e muita das vezes, aprendem ao lado dos pais que acham tudo isso normal, assistindo a uma cena de novela.

A infância e a adolescência estão mais curtas, e cada vez estas meninas estão trocando as bonecas por um filho de verdade e os meninos trocando os carrinhos por um revolver ou um cachimbo de crack, e isto já virou uma questão de saúde pública. O aumento do divórcio tem destruído muitas famílias e quem sofre são os filhos.

Segundo o Painel Nacional de Televisão do Ibope, nossas crianças passam a maior parte do tempo livre em frente à televisão, em média 04 horas e 51 minutos por dia.

Queridos pais, verifiquem que tipo de programação seus filhos e vocês estão assistindo. Rejeitem os valores que a mídia através das novelas passam para dentro do seu lar. Seus filhos são mais preciosos do que qualquer tipo de programação. Sua família é importante.

No lugar da programação da TV, façam um culto domestico, lendo a Bíblia Sagrada para toda a família. Jesus se interessa pela tua família. Procurem uma Igreja Assembléia de Deus e participem, pois esta é a maior e melhor programação para sua família.

Extraído do Jornal Mensageiro da Paz, CPAD número 1.486.

Um comentário:

Diacono Geraldo Cardoso disse...

ATE 1999 A CGADB ERA CONTRA O CRENTE TER E VER TELEVISAO...
MAS APARTIR DESSA DATA LIBEROU O USO CONTROLADO DO APARELHO...ISSO NA REALIDADE FOI APOSTASIA, E HOUVE UMA QUEDA NA VIDA ESPIRITUAL DOS MEMBROS...TRAZENDO PREJUIZO ESPIRITUAL.
A TV E UM MAL QUE TEM QUE SER CORTADO PELA RAIZ...