Alerta Final

Visite a página no face book geziel.costa

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Rebelião e feitiçaria são iguais?

Com base na passagem de Samuel, onde Saul desobedeceu a uma ordem divina contra os amalequitas, vemos o seguinte: “Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniqüidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do Senhor, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei" (1 Sm 15:23).

Muitos pregadores têm dito nos púlpitos que existem feiticeiros na igreja. Ainda relacionam uma série de fatores, que segundo eles, são feitiçarias:

Discórdia, desobediência, murmuração, oração contrária, opiniões contrárias e etc. E esbravejam: Tem feiticeiros da igreja, estão fazendo feitiçarias, crente feiticeiro não vai subir!

O significado deste texto é que a rebelião é tão mal como o pecado de adivinhação, e a obstinação é tão mal, quanto adorar falsos deuses, a iniqüidade e a idolatria, tem o mesmo teor de pecado.

"Que ninguém se achará entre ti quem sacrifica o seu filho ou sua filha pelo fogo, que pratique a adivinhação ou magia, nem prognosticador, se engaja em feitiçaria" (Dt 18.10). Nova Versão Internacional (1984)

A rebelião contra Deus, ou desobedecer as suas ordens, é um pecado tão grave, como a culpa de bruxaria, ou qualquer tipo de adivinhação proibido pela lei de Deus, e merece uma punição dolorosa. Deus odeia nada mais do que a desobediência do mandamento, ainda que intenção pareça boa, como no caso de Saul.

Na verdade o que a Bíblia está enfatizando é o teor do pecado. O mesmo peso do pecado de feitiçaria é o de rebelião. Não existe pecadinho e pecadão, mas sim pecado. O teor, a conseqüência, a gravidade são as mesmas para ambos.

Ev. Geziel Silva Costa

3 comentários:

José María Souza Costa disse...

Belissimo o seu blogue com uma mensagem interessante. Eu tenho um blogue e estou lhe convidando a visitar e se possivel seguirmos juntos por eles. Estarei gratro esperando por voce lá
Abraços de verdade

Geziel Silva Costa disse...

Olá José Maria Souza Costa

Obrigado pela visita, estarei seguindo o seu blog.
Na paz
GSC

Pr. Israel Cassimiro disse...

Querido o pecado de rebelião é comparado ao pecado de feitiçaria pelo simples fato de no AT o feitiçeiro ser chamado de Pìtonisa(aquele que encanta, que seduz, que hipnotiza); sendo assim, o rebelde ele consegue arrastar após si alguns que vão como que encantados por suas idéias subversivas contra as autoridades levantadas por Deus na Igreja. Sola Escriptura, Sola fide, Soli Deo Glória.